Símbolos e Hinos

De acordo com o artigo 1º da Constituição Federal, são Símbolos Municipais:

Brasão Municipal
1 – Brasão de Armas
O Brasão de Armas da cidade de Bias Fortes é constituído de:
Escudo: de forma idêntica aos utilizados nas armas de Portugal, o qual é encimado por coroa mural de seis torres, das quais apenas quatro são vistas em perspectiva no desenho. De bordadura prata na parte interna, com divisão em forma de pila, encontram-se as peças: uma coroa aberta antiga, com o mesmo aspecto das coroas usadas nas muitas imagens da Virgem em Portugal. Simboliza para Bias Fortes a sua Padroeira Nossa Senhora das Dores; é de ouro e incrustada de pedras preciosas. Abaixo da coroa, uma estrela de prata, simbolizando em heráldica esplendor de nobreza. Para Bias Fortes, uma homenagem aos vultos ilustres que forma destaques em sua trajetória histórica e política. Tudo isso sobre campo vermelho-a franco destra-gráfico de uma tocha ladeada por correntes compostas de quatro elos inteiros e dois partidos. À altura das chamas, em cada lado abaixo, caem dois elos de corrente partidos, à direita e à esquerda do copo de chama (tocha).
Este símbolo lembra, segundo as tradições locais, que o Município de Bias Fortes primitivamente foi esconderijo de escravos fugitivos do cativeiro, que vieram se aglomerar no entroncamento dos rios Vermelho e Quilombo. A Franco Sinistra (esquerda). cabeça de gado e balde, em prata, simbolizam a pecuária leiteira, fonte principal de renda do município; laterais ornamentadas com pés de milho, principal produto agrícola. Sustentando todo o conjunto, listel em vermelho, com a inscrição 17 de dezembro de 1938.
Metais e Esmaltes
O metal jalde (ouro) na coroa, nas correntes, na vaca, no balde e nos frutos de milho-símbolo de nobreza, poder e mando.
O metal ardente (prata) na coroa mural, na estrela, na bordadura e nos caracteres da faixa – símbolo heráldico de pureza, trabalho e paz.
O esmalte galês (vermelho) na parte superior do escudo (pila), na chama e no listel – símbolo de coragem.
O esmalte sinopla (verde) no corpo do escudo e pés de milho – simboliza a esperança e a fatura.
O esmalte blau (azul) no corpo da tocha e nas faixas ondeadas do rio – símbolo de sinceridade e nobreza.

[foto2]2 – A Bandeira
A Bandeira de Bias Fortes obedecerá as proporções da Bandeira Nacional.
Permanecerá com o mesmo campo de sua bandeira antiga, mudando apenas no que se refere ao desenho da tocha com as correntes, que farão parte do brasão de armas municipal, compondo-se dentro de uma de suas peças.
O Brasão será colocado na Bandeira, no local do respectivo desenho.
A regulamentação do uso do Brasão de Armas e Bandeira do Município se deu pelo Executivo Municipal através da Lei 186 de 15 de agosto de 1983.
Os projetos foram elaborados pelo heraldista Fernando Evangelista Ferreira Paes.

3 -Hino à Bias Fortes

Letra: Fernando Luiz Magaldi
Música: Francisco Leitão

Por matas virgens afora
Buscando Mesopotânia
Se uniram negros fugidos
E conjugando valores
Fizeram rufar tambores
Sem esperanças perdidos.
Dos rios, desde as nascentes
Até dos seus confluentes
Começaram a chegar.
E a inculta natureza
Cheia de encanto e beleza
Almejaram conquistar

Estribilho:
A você, torrão amado
Berço de homens honrados
Consagramos nossa vida.
Neste hino que lhe faço
Quero envolvê-la num abraço
Ó, Bias Fortes querida

Seu quilombo foi crescendo
Gigante sobrevivendo
Num constante labutar.
Bravo e forte se tornou
Sua bravura aumentou
Para a todos demonstrar.
Nesta terra de esperança
Cheia de amor e bonança
Homens buscando ideal.
Para a terra alvissareira
Em batalha rotineira
E a paz se fez União

Estribilho:
A você, torrão amado
Berço de homens honrados
Consagramos nossa vida.
Neste hino que lhe faço
Quero envolvê-la num abraço
Ó, Bias Fortes querida.
Brasão Municipal
Brasão Municipal